sexta-feira, junho 23, 2006
Papagaio De Papel
Papagaio de papel
No ar eu vou-te lançar…
Só para te ver na brisa do vento
Livremente a balançar.

Quero-te ver a decidir
Qual o rumo que tomas no ar
Contra a corrente do vento
E só comigo a te segurar…

Tal como tu desorientado no ar
Me sinto perdido neste meu dia-a-dia.
Sem saber qual o rumo a tomar
Apenas com um sentimento que me tira a alegria.

Mesmo contra a corrente do vento
Escolhes livremente o teu rumo
Vou escolher nem que seja por um momento,
O meu caminho neste meu mundo
 
posted by João Filipe Ferreira at 8:50 da tarde | Permalink |


2 Comments:


  • At 12:16 da manhã, Blogger Vivis

    uma escolha,
    o vento como condutor ...
    e um destino .

    Beijinhos

     
  • At 2:33 da manhã, Anonymous xónia (mana) :p

    maninho!!! seja qual for o teu rumo, certamente levar-te-à a bom porto! pelo menos farei tudo o que puder para que isso seja possivel... :)*

     


// --> Add to Technorati Favorites site statistics
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////-->
www.e-referrer.com
>