sexta-feira, agosto 25, 2006
Sopro do Coração
Abri a janela bem cedo
Algo me fez levantar da cama
Senti uma sensação capaz de meter medo,
E que me fez vibrar a alma.

Rapidamente resolvi pegar num papel
E transcrever toda esta emoção
Como uma abelha nervosa na procura do mel,
Pois era algo que estava vindo do coração.

Foi então que o deixei (coração) falar
Eu ia anotando o que ele me pedia para escrever,
Só me falava no brilho do teu olhar,
E da dor de não o poder ver.

Contou-me de como era lindo te ouvir
Que o timbre da tua voz era um encantamento,
Mas que no entanto era triste o que estava a sentir,
Pois apenas recordava tudo isso no pensamento.

Foi então que ficou calado
E me pediu para não continuar.
Disse-me para ficar descansado.
Pois era normal sentir saudade ao te recordar.
 
posted by João Filipe Ferreira at 11:12 da tarde | Permalink |


1 Comments:


  • At 11:22 da tarde, Anonymous xónia (mana)

    poema ta nito... e tem um bom titulo!! muito bom até, por sinal!! :D

    maninhooooooooo :)*

     


// --> Add to Technorati Favorites site statistics
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////-->
www.e-referrer.com
>