quarta-feira, setembro 27, 2006
Dias que Correm
Pergunto qual será a razão
Para somente haver sofrimento
Pessoas a chorarem cheias de razão
Por alguém lhes ter tornado a vida um tormento.

A revolta paira no ar
Como o ar que respiramos
Capaz de nos sufocar
Quando menos esperamos.

Miséria que cresce a cada dia
Sinal dos novos tempos
Em que todos devoram rasgos de alegria
Partilhando com sonhos de belos momentos.

Mundo que ruma sem direcção
Pulando decisivamente para o abismo
Em que já não se deslumbra uma solução
E onde tudo cai como o abalo de um forte sismo.

Que pena algo maravilhoso estar tão mal
Decadente e somente em sofrimento
Só tristeza e desilusão, como nunca se viram igual
E onde um sorriso aparece apenas num raro momento.
 
posted by João Filipe Ferreira at 7:22 da tarde | Permalink |


2 Comments:


  • At 9:28 da tarde, Blogger Angela

    Eu por vezes penso que o mundo está como está devido ao egoísmo...

    O universo de muitas pessoas resume-se a elas próprias, e desde que esteja tudo bem com elas, nada mais importa!

    Às vezes também penso que o ser humano não aprendeu nada com a História.

    Resta-nos sonhar...

    Beijinhos.

     
  • At 11:03 da manhã, Blogger Vera

    É mesmo uma pena o mundo em que vivemos estar completamente sem rumo. Se ao menos todos fossem como tu, certamente o nosso planeta seria o lugar ideal para viver.
    Beijinho grande

     


// --> Add to Technorati Favorites site statistics
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////-->
www.e-referrer.com
>