sábado, setembro 09, 2006
Esperança Num Novo Rumo

Olho não sei para onde
Capto tudo o que me chama a atenção
Reparo até em tudo o que se esconde
Do alcance da minha visão.

Vejo o dia a nascer
E a esperança em mim a aumentar
Sinal de que nada tenho a temer,
Somente tudo para alcançar.

Ao mesmo tempo sinto vontade em gritar
Em subtrair maus sentimentos em mim
Apenas deixar o meu coração sonhar
E acreditar que este momento nunca terá um fim.

Não sei se vou conseguir um novo rumo,
Caminhando nesta vida sem direcção
Apenas quero criar o meu mundo
Conhecendo todos os seus encantos com a palma da mão
 
posted by João Filipe Ferreira at 7:36 da tarde | Permalink |


3 Comments:


  • At 8:55 da tarde, Blogger Xónia

    Poema nito maninho! e n percebo pq perguntaste como arranjo sempre imagens e assim pros meus textos... tuas imagens ficam sempre nitas!!! :)

    beijinho gande gande gande :)
    es o mior maninho do mundo! ;)*

     
  • At 10:54 da tarde, Anonymous Mensageira

    As memorias passadas que guardo
    farao sempre parte de mim.
    São pedaços da minha história
    Sao um abismo que nao acaba assim...

    (apenas uma quadra feita para ti)

     
  • At 3:39 da manhã, Anonymous Luamar

    Que lindo! Gostei mesmo muito.
    Queria-te agradecer também por aquela sugestão que me fizeste, acerca daquele concurso...
    Um beijo grande!

     


// --> Add to Technorati Favorites site statistics
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////-->
www.e-referrer.com
>