domingo, dezembro 10, 2006
Brisa do Mar
Procuro na brisa do mar
A calma para o meu coração,
Que continua a sufocar
Com coisas por vezes sem razão.

O antídoto capaz de destruir
O veneno sofrível que corre em mim,
Trazendo-me a calma e a vontade de sorrir
Afastando-me de tudo o que me faça sentir assim.

Brisa que suaviza o ar que respiro
Filtrando as poeiras que me fazem espirrar,
A desilusão que em mim arranjou um abrigo
E que lá pretende ficar.

Na brisa do mar
Vou-me deixar levar,
Algo de bom pretendo alcançar
Para a minha vida conseguir mudar.
 
posted by João Filipe Ferreira at 6:57 da tarde | Permalink |


1 Comments:


  • At 7:57 da tarde, Anonymous Anónimo

    O que te posso dizer é que se procurares bem,assim no fundo do teu coração,verás que és capaz de encontrar o que procuras.
    Beijinhos

     


// --> Add to Technorati Favorites site statistics
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////-->
www.e-referrer.com
>