quinta-feira, janeiro 18, 2007
O Grito do Coração
Diante de mim abre-se uma janela
Onde tudo pode ser de novo vivido,
Em que tudo se envolve de uma forma bela,
E pela qual muitas vezes lutei sem ter conseguido.

Mergulho a esperança na corrente que paira no ar
Libertando a minha alma para uma nova vida,
Que quero agarrar, apreciar sem nunca desesperar,
Sem nunca lembrar de uma vida que já foi sofrida.

Deixo o meu coração gritar
E fazer-se ouvir no local mais distante,
Pois de novo será capaz de sonhar
E de novo poderá ter uma vida radiante.

Grita de liberdade
Grita sem dificuldade,
Tudo o que lutou é agora uma realidade.

O ar fresco pode sufocar o ar cansado
Envergonhando-o por alguma vez ter feito parte de mim,
Por ter deixado o meu coração desesperado,
Tirando-lhe a ilusão que algum dia a dor teria um fim.

Hoje a vida cinzenta que me atormentava evaporou,
Dando a oportunidade para uma nova luz me iluminar
E ofuscar o que em mim ficou,
Para jamais algum dia para mim poder voltar.

Por isso hoje vou apenas apreciar,
A alegria do meu coração que,
Grita de liberdade.
Grita sem dificuldade,
Tudo o que lutou é agora uma realidade.
---------------------------------------------


Ps: Poema(acho que mais tentativa) que não retrata a minha pessoa nem coisa que se pareça.
Inspiração completamente retirada da imagem que acompanha este post!!
 
posted by João Filipe Ferreira at 1:37 da tarde | Permalink |


7 Comments:


  • At 12:25 da tarde, Anonymous Madalena

    Não importa o que ou quem retrata, basta apenas estar lindissimo e sentido, como é o caso.
    Creio já o ter dito antes, mas direi de novo: adoro a forma como escreves. Simples. ,as mt sentida e emotiva. Parabéns.
    Bjs
    Madalena

     
  • At 1:32 da tarde, Anonymous Sarita

    Pra mim nunca são tentativas....escreves lindo lindo lindo...
    Leio e releio e sinto o que escreves....nunca me canso de ler-te, fico sempre à espera de mais um.

    Mesmo que não retrate a tua pessoa,na minha opinião, só consegues passar para as palavras tais emoções porque já as sentiste...
    Por este e outros poemas, és alguém com um coração enorme, que apesar de já ter sofrido também sabe bem o que é amar...

    Um beijinho grandeeeeeeeee e sorri sempre!

     
  • At 9:51 da tarde, Blogger mymind

    gostei mto =)
    bjs

     
  • At 12:04 da tarde, Anonymous raquelmoniz

    :-) Gostei muito!

     
  • At 1:42 da tarde, Blogger Conceição Bernardino

    A alegria é um dom que se adquire a arte a tristeza que se transpira
    em beleza...
    Eu volto
    Beijinhos
    Belo
    Conceição Bernardino

    Meus blogs http://amanhecer-poesia.blogspot.com

    http://sentidos-visuais.blogspot.com

     
  • At 8:39 da tarde, Blogger Vera Carvalho

    Ah...está bonito sim senhor:)!
    E não é que vais ganhando jeito!!Brincadeira!
    É sempre bom ouvir falar do coração e os gritos que ele dá, ui se eles se ouvissem, acho que andavamos todos surdos!
    Continua!!
    Beijinhos:)

     
  • At 12:56 da manhã, Blogger elsa nyny

    Olá João!!

    Que lindo poema!!
    Adorei!
    E escreve, escreve!!!

    beijinhos!!!

     


// --> Add to Technorati Favorites site statistics
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////-->
www.e-referrer.com
>