sexta-feira, junho 08, 2007
Espero Por Ti...
Hoje é somente mais um dia
em que lamento a tua partida.
Deixo cantar a viola que chora
em gemidos de sonhos por sonhar.

Meu amor, a nossa cama está vazia.
Bate-me à janela uma promessa fingida
que um dia me prometeste sem demora
por entre um beijo me quiseste roubar.

Mas isso já não me importa...
Não já não me importa não!
Por favor, se me ouvires volta
na volta de um bater do coração!

A lua vai alta lá no escuro do céu.
E eu aqui... e eu aqui...
Espero por ti, amor meu!
Diz-me que também esperas por mim.

No dia em que parti o sol tinha deixado de brilhar,
o rumo já não sabia encontrar,
as lágrimas lá continuavam a derramar,
e o meu coração de desespero a gritar.

O vento tinha deixado de soprar,
os pássaros já não queriam cantar,
a minha alma já não queria respirar,
e o meu pensamento só em ti conseguia pensar.

Porque me deixaste partir amor?
Porque soltaste a corrente que prendia os nossos corações,
sabendo que seria um momento sofredor?
Não havia outras opções?

Sinto-me perdido sem ti,
preciso da tua companhia para me orientar.
Ainda me continuas a amar?
Eu continuo desde o primeiro dia que te vi.

Por: João Filipe Ferreira & Tytta para o 8º Concurso de poesia de www.luso-poemas.net
 
posted by João Filipe Ferreira at 6:58 da tarde | Permalink |


2 Comments:




// --> Add to Technorati Favorites site statistics
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////-->
www.e-referrer.com
>