sábado, fevereiro 02, 2008
Tu Que Habitas em Mim
Olha para mim
E diz-me quem eu sou…
O que me aconteceu
Ou o que em mim mudou…

Diz-me que é um pesadelo,
Igual ao dos filmes ou livros de terror.
Diz-me que o dia acaba rápido
E logo vem a harmonia cobrir este cenário desolador.

Olha para mim
Bem no fundo dos meus olhos
E vê a raiva de frente
A fúria em espírito,
Igual à que habita, um coração sem amor.

Liberta-me meu amigo,
Entrego-me na tua bondade.
Não me deixes ir pela corrente sombria
Que em todos os minutos leva-me para onde nunca quis ir.

Olha para mim
Tu conheces-me…
Sabes quem um dia fui,
Quem um dia quis ser.

Conduz-me.
Pela vida que espera por mim,
Pela vida que ainda me resta.

Conduz-me
Pela luz que hoje não consigo ver,
Pela claridade que insiste em não aparecer.

Olha para mim
E diz-me que não estou sozinho,
Que terei força e coragem,
E encontrarei o meu caminho.

 
posted by João Filipe Ferreira at 1:29 da manhã | Permalink |


4 Comments:


  • At 1:36 da manhã, Blogger Vera

    Ninguém te conhece melhor que tu próprio.
    Vais certamente encontrar o teu caminho e nesse caminho verás tantos Amigos, tanta felicidade à tua volta, tal como mereces.

    Beijo

     
  • At 5:27 da tarde, Blogger maria m.

    só olhando para si, encontrará o seu caminho ;)

    obrigada pela visita ao meu blog :)

     
  • At 9:16 da tarde, Blogger Homem do Leme

    Bonitas palavras! O conhecimento sábio de nós próprios começa nas conversas que temos com o espelho.
    Este poema é um bom começo...

    Vou colocar um link no meu blog, para este seu lugar de que gostei.

     
  • At 7:06 da tarde, Blogger kiduchinha

    lindo! lindo!

     


// --> Add to Technorati Favorites site statistics
Web Pages referring to this page
Link to this page and get a link back!
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////-->
www.e-referrer.com
>